Gonçalo Guedes apontado à saída: o "sacrificado" no plano do Valência

Gonçalo Guedes apontado à saída: o "sacrificado" no plano do Valência

Extremo português pode deixar o clube "che" para abrir porta a reforços jovens e "low-cost".

O jornal "Superdeporte" avançou na terça-feira que Peter Lim e Anil Murthy, máximo acionista e presidente do Valência, respetivamente, estão a preparar uma nova reestruturação para sanear as finanças do clube que pode ditar a saída de Gonçalo Guedes.

Segundo a mesma fonte, o extremo português é encarado, juntamente com o avançado Maxi Gómez e o guardião Cillessen, como um dos ativos com mais mercado do plantel e seria "sacrificado" para que os capitães Gayà e Soler continuassem no clube com a missão de integrar reforços jovens e "low-cost".