FA estende o prazo para Bernardo Silva responder à acusação de racismo

FA estende o prazo para Bernardo Silva responder à acusação de racismo

Bernardo foi acusado de racismo e tinha até esta quarta-feira para se defender da acusação.

Bernardo Silva tinha até esta quarta-feira para se defender da acusação de racismo de que está a ser alvo, mas a Federação inglesa aumentou o prazo até ao 21 deste mês.

O avançado do Manchester City brincou com o companheiro de equipa Mendy no twitter, comparando-o ao boneco "Conguito". A FA alega que o comentário constitui uma violação agravada dos seus códigos de conduta, por "incluir referência, expressa ou implícita, à raça e/ou cor e/ou origem étnica" e o internacional português pode apanhar até seis jogos de suspensão.

Bernardo tem agora mais tempo responder às acusações.