Cuca com "alfinetada" para Abel Ferreira: "Quando vence, tudo o que faz é perfeito"

Cuca com "alfinetada" para Abel Ferreira: "Quando vence, tudo o que faz é perfeito"
Redação

Cuca, treinador do Atlético Mineiro, comentou a postura de Abel Ferreira, técnico do Palmeiras, no jogo da segunda mão dos quartos de final da Libertadores. O Verdão eliminou o Galo e seguiu para as "meias".

Na conferência de imprensa que se seguiu à vitória do Atlético Mineiro (1-0) sobre o Coritiba, no domingo, Cuca, treinador do Galo, deixou uma "bicada" a Abel Ferreira, treinador que comanda o Palmeiras. A meio da semana, recorde-se, os dois técnicos defrontaram-se nos quartos de final da Taça Libertadores e a eliminatória foi decidida nas grandes penalidades. Nesse momento, o português desceu aos balneários e, como o próprio revelou, foi ouvir música, não querendo assistir à decisão na marca dos onze metros. E Cuca disse o que pensa sobre a postura do companheiro de profissão.

"Quando está a vencer, tudo o que faz é perfeito, bonito e maravilhoso. Se sai para o balneário e vai ouvir música durante os penáltis, vira moda. E se perdesse? Quando o guarda-redes se atira seis vezes para o mesmo lado e ganha, é bom. Quando dois jogadores são expulsos, não se passa nada porque têm a cabeça fria. Se eles perdessem o jogo, vocês [comunicação social] estariam a falar mal das duas expulsões, do guarda-redes a cair seis vezes para o mesmo lado e do treinador que não ficou em campo para ver os penáltis", apontou o técnico brasileiro.

Mesmo com dois jogadores a menos, o Palmeiras resistiu e empatou 0-0, levando a decisão para os penáltis, tendo batido o Atlético Mineiro. Nas "meias", o Verdão vai defrontar o Athletico Paranaense.