Contestação aumenta: a difícil viagem de Abel Ferreira até ao centro de treinos

Contestação aumenta: a difícil viagem de Abel Ferreira até ao centro de treinos

PAOK perdeu, caiu para terceiro e os adeptos pedem a saída do treinador português.

Abel Ferreira está com vida difícil no PAOK. A contestação ao treinador português subiu de tom após a derrota caseira frente ao AEK, por dois golos sem resposta.

De acordo com informações veiculadas pela imprensa local, os adeptos exibiram tarjas no caminho entre o estádio e regresso ao centro de treinos, pedindo a saída do técnico português.

Abel Ferreira cumpre a primeira temporada no futebol grego, mas ficou bastante distante do já campeão Olympiacos. O AEK subiu ao segundo lugar, com 59 pontos, os mesmos do PAOK, que é terceiro, mas o Olympiacos segue na liderança com 81.

Recorde-se que o PAOK foi penalizado pelos órgãos jurisdicionais da Federação grega com a perda de sete pontos no campeonato, depois de o Olympiacos ter acusado, em dezembro de 2019, o presidente e proprietário do PAOK, Ivan Savvidis, de deter ações do Xanthi, através de familiares seus, prática ilegal e punível.