Carvalhal confia em Félix como "referência" e vê Trincão nos "destaques" da Liga Bwin

Carvalhal confia em Félix como "referência" e vê Trincão nos "destaques" da Liga Bwin
Redação

Declarações do técnico português, que saiu do Braga para os Emirados Árabes Unidos neste verão, à Radio Marca

Os melhores que Carvalhal orientou: "Treinei um ou outro com capacidade técnica muito boa. Nessa equipa do Besiktas tinha Quaresma. E no Sporting treinei Izmaylov, que era um jogador muito forte. Sempre gostei. João Moutinho, também, que apanhei com 25, 26 anos. Um jogador de nível alto. Guti estava na primeira linha."

Moutinho e Izmailov: "Moutinho e Izmailov no topo, sim. Moutinho joga com GPS na cabeça. Izmaylov era um jogador fantástico."

Bebé, a promessa que Carvalhal orientou: "Bebé veio como uma grande promessa. Teve uma lesão grave no joelho. Tínhamos expectativas quanto a ele."

Confiança no talento de Trincão: "Trincão precisa de confiança e de jogar. Tem tudo. Vai evoluir como jogador. Tem capacidade técnica muito forte. Tem limitações na parte defensiva. Melhorou muito com Bruno Lage. Com a confiança de Amorim, vai ser um dos destaques da Liga Portuguesa."

João Félix preparado para explodir? "Agora acho que sim, está preparado para liderar o Atlético de Madrid. Simeone é um grande treinador, mas as características de Félix não se enquadravam muito no estilo. Félix transformou-se num outro jogador, como Cristiano Ronaldo, também. João Félix é, hoje, mais trabalhador e mais forte."

Félix pronto para lutar pela Bola de Ouro? "Tem essa capacidade para lutar por Bolas de Ouro. A capacidade que demonstrou ainda muito jovem, com Bruno Lage. Tem tudo para ser uma referência do Atlético de Madrid."

Treinar a Seleção portuguesa? "Não tenho isso na minha cabeça. A seleção está bem orientada. Na minha cabeça está o curto prazo."

Para quando uma aventura numa seleção? "Um dia, posso pensar numa seleção. Ainda tenho mais quatro, cinco anos de clubes. Temos ainda muita energia."