Cancelo: "Rúben Dias trouxe a veia de capitão que faltava ao City"

Cancelo: "Rúben Dias trouxe a veia de capitão que faltava ao City"

Futebolista do campeão inglês e finalista da Liga dos Campeões gabou o impacto do defesa compatriota. Sintonia com Bernardo Silva dentro de campo foi também destacada

Em véspera de atuar, pela primeira vez na carreira, na final da Champions, ante o Chelsea, João Cancelo, defesa internacional português do Manchester City, enalteceu a influência do compatriota Rúben Dias na melhoria e obtenção de sucesso dos citizens.

"O Rúben revolucionou, de certo modo, a nossa forma de pensar e a concentração de cada jogador. Ele é um líder nato. Quando eu chego para tomar o pequeno-almoço, ele já está no ginásio. (...) Tem irreverência, tem liderança e está sempre a tentar ajudar os companheiros que jogam e que não jogam. Ele trouxe uma veia de capitão que faltava aqui", destacou o lateral, em entrevista à Eleven Sports feita esta sexta-feira.

No plantel do City, além de Cancelo e de Rúben Dias, está também Bernardo Silva, que chegou ao clube ainda antes da dupla defensiva. Ao canal desportivo, Cancelo gabou a qualidade do avançado, destacou a sintonia entre ambos, e colocou-o entre os melhores produtos saídos da academia do Benfica, onde evoluíram juntos.

"O Bernardo é da minha geração uma pessoa que sempre demonstrou muito talento. Foi o jogador com mais talento que saiu da formação do Benfica e, para mim, é um prazer jogar com ele. O Bernardo sabe que comigo tem sempre aqui um amigo e isso também se reflete dentro de campo. Gosto muito de jogar com ele à minha frente porque ele entende quase tudo o que faço e vice-versa", referiu Cancelo.

O defesa internacional português enunciou, quando instado a fazê-lo na entrevista à Eleven Sports, as diferenças tidas relativamente ao feitio e forma de ser de Bernardo Silva. "Sou uma pessoa muito mais irreverente, uma cabeça dura, tenho uma personalidade muito forte. O Bernardo é uma pessoa mais correta, dá-se bem com todos", assumiu Cancelo.

O trio de portugueses da equipa do Manchester City, orientados pelo espanhol Pep Guardiola, prepara-se, por agora, para disputar a final da Liga dos Campeões (realiza-se no próximo sábado, no Estádio do Dragão), ante o rival britânico Chelsea.

Seis depois da decisão da liga milionária, João Cancelo, Rúben Dias e Bernardo Silva vão juntar-se à Seleção Nacional para disputar o próximo Campeonato da Europa. Na fase de grupos, Portugal vai defrontar Hungria, Alemanha e França.