Bruno Lage e a crise de resultados dos Wolves: "Sinto pressão desde o primeiro dia"

Bruno Lage e a crise de resultados dos Wolves: "Sinto pressão desde o primeiro dia"
Redação

A carreira de Bruno Lage no Wolves não está a passar pelo momento mais feliz e isso reflete-se num número preocupante: uma vitória nos últimos 15 jogos na Premier League. O único triunfo foi alcançado já esta época.

"Acho que a direção confia em nós, e eu continuo a trabalhar. Quando começámos com um ponta-de-lança, nunca perdemos um jogo, na Premier League". Foi assim que Bruno Lage, questionado pela BBC logo após o jogo, analisou a derrota dos Wolves em casa do West Ham, na oitava jornada da Premier League. A equipa mais portuguesa do campeonato inglês soma apenas uma vitória e está abaixo da linha de água.

"Sinto pressão desde o primeiro dia em que cheguei, é por isso que pressiono todos. É importante ter os jogadores o mais depressa possível para se adaptarem ao país e ao novo sistema que estamos a jogar. Por vezes, quando se olha para a situação do treinador é preciso esquecê-la. A questão é se temos um avançado apto a jogar 90 minutos", disse, mais tarde, na sala de imprensa.

"Temos de continuar a trabalhar arduamente e encontrar as soluções. Não temos avançados e os jogadores que vão para as seleções regressam lesionados, como Hwang. Parece que tudo corre mal e precisamos de dar a volta com trabalho", concluiu o treinador português.