Bruno Lage após vitória dos Wolves: "Vimos o que fizeram com o Manchester City"

Bruno Lage após vitória dos Wolves: "Vimos o que fizeram com o Manchester City"
Redação

Declarações de Bruno Lage, treinador do Wolverhampton, após a vitória deste domingo diante do Southampton (0-1), a contar pela sexta jornada da Premier League.

Importância da vitória: "É muito importante, são três pontos. Em primeiro lugar, estes pontos vão diretos para os adeptos porque a forma como nos apoiam é muito boa. É um bom ambiente. Eles estiveram no estádio e apoiaram-nos muito".

Análise do jogo: "Foram três pontos contra um adversário forte. Vimos o que eles fizeram nos jogos anteriores, especialmente contra o Newcastle e o Manchester City, a forma como pressionam e a forma como são sólidos e compactos e, quando têm a bola, sabem o que fazer".

Satisfeito: "Achei que jogámos bem antes do golo, tivemos mais tempo com a bola. Precisamos de continuar a ter atuações como esta para somar três pontos mais vezes. Portanto, estamos felizes porque mudámos alguns jogadores, porque acreditamos que esses jogadores podem dar-nos a resposta certa. Estamos felizes com tudo o que aconteceu no jogo e, claro, com os três pontos".

Jimenez: "Significa muito para o Raul. O que queremos de um avançado como ele são golos. Mas, como treinador, olho para as coisas que ele dá à nossa equipa. Dá para ver como ele pressiona, dá para ver a forma como ele se entrega ao jogo. Queremos vê-lo fazer golos, principalmente depos do que aconteceu com ele e com a longa jornada que fez na recuperação. Os fãs vão continuar a cantar a sua música..."

Confiança com a vitória: "É importante para a equipa, mas a confiança vem de duas maneiras: a forma como trabalhámos - e os jogadores estão confiantes nisso -, e com vitórias. Os pontos foram importantes porque não estávamos na posição que queríamos. Mas é uma longa jornada, a competição é muito dura e hoje enfrentámos um adversário forte. Mas eles precisam de continuar a acreditar no nosso trabalho e os resultados continuarão a surgir"