Bruno Fernandes e o penálti falhado: "Vou assumir novamente sem medo ou pavor"

Bruno Fernandes e o penálti falhado: "Vou assumir novamente sem medo ou pavor"
Redação

Médio português atirou a bola para a bancada e o Manchester United foi derrotado pelo Aston Villa este sábado.

Bruno Fernandes reagiu na noite deste sábado à grande penalidade desperdiçada no Manchester United-Aston Villa. O médio internacional português afirmou que se sente "desapontado" com a falha cometida na compensação e que teria empatado o jogo. Os red devils acabaram derrotados por 1-0.

"Ninguém está mais frustrado e desapontado do que eu por ter falhado o penálti que redundou na derrota. Sempre assumi minhas responsabilidades e sempre abracei-as sob pressão em momentos como este. Hoje, eu falhei. Mas dei um passo à frente e encarei o desafio com a mesma ambição e responsabilidade de quando, nas tantas outras ocasiões, a bola acabou por entrar na baliza", escreveu Bruno Fenandes no Instagram.

"Críticas e opiniões divergentes fazem parte do futebol. Aprendi a conviver com isso, mesmo usando-os para motivar-me. Considero tudo uma parte muito importante do meu compromisso de nunca parar de tentar melhorar e de me tornar o melhor jogador que posso ser, para mim e para a equipa", acrescentou.

Apesar do momento negativo vivido, Bruno Fernandes garantiu que não deixará de cobrar os penáltis. "Hoje, mais uma vez, assumi a responsabilidade que me foi dada quase desde que entrei para o United e vou assumi-la novamente sem medo ou pavor, sempre que for chamado. O mais importante para mim é vencer juntos e sempre farei tudo o que estiver ao meu alcance para ajudar os meus companheiros e o clube a ser o melhor que pudermos", afirmou.

Por fim, concluiu a agradecer aos adeptos. "Ouvi-los a gritar meu nome no estádio foi muito emocionante... Eu voltarei mais forte por mim, porque esses são os padrões que eu mantenho, mas acima de tudo para meus companheiros de equipa e nossos adeptos que sempre nos apoiaram", concluiu.