Bruma em exclusivo: "Benfica e FC Porto? Imagino, sim"

Bruma em exclusivo: "Benfica e FC Porto? Imagino, sim"
Pedro Miguel Azevedo

Tópicos

Bruma não lamenta ter deixado o seu clube do coração, Sporting, e lembra que, apesar do conflito, ainda deu dinheiro a ganhar. Do presidente Bruno de Carvalho até já recebeu uma mensagem de força...

Que análise faz ao atual momento do campeonato português?

-O Benfica está à frente com mérito, apesar de eu desejar ver o Sporting campeão nacional. Continua a ser o meu clube, amo-o e, se hoje tenho sucesso, foi ali que comecei. Quero que seja campeão.

Alguma vez se arrependeu de ter saído do Sporting?

-Não, nunca, nunca... Tomei uma decisão de forma consciente. A vida no futebol faz com que, num dia, estejamos aqui e no outro acolá. Comigo aconteceu mais cedo, mas é a vida. Não deixa de ser o meu clube.

E se tivesse sido treinado por Jorge Jesus?...

-Jesus é um grande treinador, gosto muito da forma como ele trabalha e ajuda os jovens a crescer. Se tivesse a oportunidade de ser treinado por ele, ia adorar, fosse aqui, em Alvalade ou noutro clube, seria sempre um prazer enorme.

Voltaria ao Sporting?

-No futuro, tudo pode acontecer.

Ficou magoado pela forma como saiu do clube?

-Não tenho mágoa, sempre me trataram bem. Não tenho problemas com o clube, nem o clube comigo. Eu quis sair, experimentar outras coisas, e não tenho nada contra o presidente. Aliás, adoro-o como pessoa. Quando me lesionei com gravidade, ele até me mandou uma mensagem de força.

Deduz-se então que não ficou com a porta fechada no clube...

-Nada disso, o Sporting é a minha casa. Graças a Deus que ainda receberam dinheiro com a minha saída e ainda vão continuar a ganhar.

Imagina-se um dia com a camisola de Benfica ou FC Porto?

-[risos] Imagino, sim... O futebol dá muitas voltas, sou profissional. Se houver oportunidade, darei preferência ao Sporting.

Benfica e FC Porto tentaram desviá-lo quando esteve em litígio com o Sporting?

-Todas as equipas tentaram, mas não posso falar disso [risos].

Leia a entrevista completa na edição impressa e e-paper.