Avaí foi eliminado por equipa do quarto escalão e Inácio atira: "Sou leão por natureza"

Avaí foi eliminado por equipa do quarto escalão e Inácio atira: "Sou leão por natureza"

Treinador português recusa atirar a toalha ao chão no clube do estado de Santa Catarina.

O Avaí, treinador pelo português Augusto Inácio, tombou com estrondo na primeira ronda da Taça do Brasil, ao perder por 2-0 frente à Ferroviária, equipa modesta que milita no quarto escalão do futebol canarinho.

Após a partida, o técnico luso analisou o desaire da formação catarinense e recusou atirar a toalha ao chão, numa altura em que soma apenas dois triunfos ao cabo de sete partidas disputadas.

"Eu sou leão por natureza e vocês bem sabem que o leão é um animal que não desiste. O meu trabalho está no início, mas de qualquer maneira esperava melhores resultados. E eles não aconteceram. Vamos continuar a trabalhar para que apareçam", afiançou Inácio, de 65 anos, na conferência de imprensa pós-jogo, quando questionado sobre a eventualidade de poder deixar o Avaí.

"Tivemos sete oportunidades de golo, mas não conseguimos marcar. Foi verdade que os ferros não deixaram, mas faltou o golo para dar ânimo", rematou Inácio.