As críticas de Abel para a quantidade de jogos: "Não sei quem são os inteligentes que organizam"

As críticas de Abel para a quantidade de jogos: "Não sei quem são os inteligentes que organizam"
Redação

Técnico lembrou sequência de partidas com pouco ou nenhum descanso

O Palmeiras venceu pela terceira vez consecutiva, batendo o Sport, por 2-1, mas Abel não deixou de criticar a organização do futebol brasileiro e o pouco tempo de descanso que a sua equipa tem tido nas últimas semanas.

"Jogámos contra o Bahia, dois dias de descanso só, defrontámos o Bragantino, depois tivemos dois dias de descanso para ir para Fortaleza. E ainda houve alguma inteligência, não sei quem são os inteligentes que organizam - e vão levar comigo até o fim, enquanto eu estiver aqui, enquanto for treinador, vão levar comigo - como dizia o Zagallo, vão ter que me engolir", afirmou o técnico português, em declarações aos jornalistas.

Nos primeiros 26 dias de outubro, o Palmeiras de Abel Ferreira já contabiliza sete jogos. A visita ao Grémio fechará mais uma fase de muita exigência para o atual campeão sul-americano.