Wolverhampton receberá encaixe milionário se Diogo Jota for campeão da Premier League

Diogo Jota, avançado português do Liverpool

 foto EPA

Reds desembolsaram, em dois anos, 20 dos 50 milhões de euros. Pagamento do remanescente ficou definido em prestações obrigatórias e com cumprimento de objetivos

O negócio que levou Diogo Jota do Wolverhampton para o Liverpool, em 2020, contemplou uma contrapartida caso o português lograsse o maior título britânico.

Segundo o jornal "Daily Mail", o emblema de Anfield pagará um bónus, cifrado em vários milhões de euros, ao do Molineux se conseguir destronar, na próxima e derradeira jornada, o Manchester City do topo da Premier League.

No verão de 2020, altura em que Diogo Jota rumou a Liverpool, o Wolves recebeu, em adiantado, cinco milhões de euros, ficando o pagamento do remanescente definido em prestações obrigatórias e com o cumprimento de objetivos individuais e coletivos.

Os reds, no espaço de dois anos, desembolsaram mais 15 milhões de euros pela compra do português, relativos a várias tranches da transferência estimada em 50 milhões de euros, pelo que faltam cerca de 30M€ para acertar as contas entre as partes.

Se então Diogo Jota puser, no próximo fim de semana, de forma inédita, as mãos no troféu da Premier League - o Liverpool tem de vencer e esperar uma escorregadela do Manchester City -, vai engrossar ainda mais a conta bancária do Wolves.