"Vítor Pereira é super simpático, muito diferente do Abel Ferreira"

Vítor Pereira, treinador do Corinthians

 foto AFP

Declarações de Jorginho, treinador do Atlético Goianense, em conferência de Imprensa após a pesada derrota (4-1) com o Corinthians de Vítor Pereira na segunda mão da Taça do Brasil, e consequente eliminação da prova.

Jorginho, treinador do Atlético Goianense, em conferência de Imprensa após a pesada derrota (4-1) com o Corinthians de Vítor Pereira na segunda mão da Taça do Brasil, e consequente eliminação da prova, elogiou o treinador adversário e voltou a criticar a postura de Abel Ferreira, treinador português do Palmeiras, admitindo, no entanto, que tem feito um trabalho fantástico.

"Eu tenho que parabenizar o Vítor [Pereira] pelo grande jogo que eles fizeram. Nós tivemos um grande jogo em casa. Ele é um homem super simpático, muito diferente do Abel [Ferreira]. Já fui anfitrião três vezes aqui e nunca recebi um aperto de mão. Não vou falar mais sobre isso. É coisa do passado. Já falei o que tinha que falar. Quero parabenizar o Vítor e dizer que ele é um bom treinador, fez um bom trabalho", começou por dizer.

"Um português não tem nada a ver com o outro. Eu falei especificamente de um português, o Abel Ferreira, não do Vítor, não do Luís [Castro, do Botafogo]. Não é uma questão de nacionalidade, é uma questão da pessoa, que por mais que seja muito simpática com os seus jogadores, que tenha um trabalho fantástico, tem uma postura que eu não gosto", concluiu.