"Rui Vitória? É preciso analisar e depois tomar uma decisão final"

Rui Vitória, treinador do Spartak

 foto EPA

Yuran, uma cara conhecida do futebol português, analisou a difícil situação do Spartak.

O Spartak de Moscovo foi goleado na visita ao Zenit S. Petersburgo, por um expressivo 7-1, num resultado que continua a fazer correr muita tinta pela imprensa russa.

Sergei Yuran, antigo avançado que passou por Benfica e FC Porto no futebol português, falou sobre o momento de um clube que também representou na carreira. "É claro que dói. Afinal, é o Spartak. É muito difícil para os adeptos assistirem a uma derrota dessas no clássico. Momentos assim acontecem, é preciso suportar tudo de maneira correta e corajosa e garantir que isso não aconteça novamente. Mas todos os eventos recentes em torno do Spartak não podem deixar de afetar", afirmou, em entrevista à "RB Sport".

"É claro que toda a responsabilidade é do treinador. Com todo o respeito pelo Zenit, não é o Manchester City, nem o Bayern, onde estão os super jogadores de futebol", indicou, embora pedindo cautelas quanto a uma eventual mudança no comando técnico.

"Antes da paragem de inverno, é preciso analisar a situação e, em seguida, tomar uma decisão final. Agora não vai resolver nada", sustentou.