Jorge Jesus: "Sou amigo do Ronaldo, não me importava de o ter, mas ele não quer"

Jorge Jesus e Ronaldo, por altura de um Sporting-Real Madrid na Champions, em 2016

 foto Gustavo Bom / Global Imagens

Questionado sobre uma hipotética mudança de CR7 para o Fenerbahçe, Jorge Jesus foi claro na sua vontade, e no desfecho

O Fenerbahçe goleou o Kasimpasa por 6-0 e no final do encontro, já na conferência de Imprensa, os jornalistas turcos questionaram o técnico Jorge Jesus sobre uma hipotética mudança de Cristiano Ronaldo para o clube que dirige. Jesus até gostava, confessou, mas já sabe o desfecho da situação.

"Em Portugal dizem que o Ronaldo pode vir para o Fenerbahçe por causa do Jesus, ele pode mesmo vir?", questionaram os jornalistas turcos.

Jesus sorriu e atirou, desiludindo a plateia: "Quanto ao Ronaldo, somos amigos mas tem outras ambições, tem outras ideias, que... não se coloca vir jogar para um país onde ele não considera do top-5 da Europa. Ele não toma essas decisões. Não sei para onde ele vai, mas para o Fenerbahçe não vai de certeza. Não é que eu não queira, ele é que não quer. Eu não me importava."