Jorge Jesus a um passo do Fenerbahçe: os pormenores do contrato

 foto Miguel Pereira/Global Imagens

Advogado do treinador português esteve em Istambul para fechar o acordo com o vice-campeão. Com entendimento quanto ao vínculo contratual e salário, entre os cinco a sete milhões de euros anuais, o emblema turco deverá oficializar a contratação no decorrer da próxima semana.

O futuro de Jorge Jesus deverá mesmo passar pelo Fenerbahçe. Ao que O JOGO apurou, já foi estabelecida uma base de entendimento entre o treinador e o emblema turco, que poderá oficializar a contratação do treinador português no decorrer da próxima semana.

O advogado de Jesus, Luís Henrique, esteve em Istambul, reuniu-se com o presidente Ali Koç para limar as últimas arestas entre ambas as partes e só faltará mesmo assinar o vínculo contratual. Satisfazendo as pretensões do experiente técnico português, na calha está a formalização de um acordo por um ano, com outro de opção, não sendo ainda de excluir o cenário de dois anos de contrato.

Quanto à questão salarial e tendo em conta a vontade de contar com Jesus no projeto, o Fenerbahçe está disposto a pagar um valor entre os cinco e os sete milhões de euros limpos por ano.

Alcançado o segundo lugar na liga turca, que permite presença nas pré-eliminatórias da acesso à Liga dos Campeões, o treinador português terá como primeira missão tentar o apuramento para a fase de grupos, sendo que a nível interno, a meta passará por conquistar o título nacional, após uma época em que o Trabzonspor levou a melhor.

Sem treinar desde o final de dezembro de 2021, quando cessou a ligação ao Benfica - foi estabelecido o compromisso de continuar a receber o salário das águias até que encontrasse novo clube -, Jorge Jesus prepara-se para a terceira aventura no estrangeiro depois de ter treinado o Al-Hilal da Arábia Saudita e o Flamengo, que levou à conquista da Libertadores.