Ainda a contestação a Renato Gaúcho: "Jorge Jesus abandonou o Flamengo"

Ainda a contestação a Renato Gaúcho: "Jorge Jesus abandonou o Flamengo"
Redação

Para Zinho, ex-jogador do Flamengo, Jorge Jesus teve sucesso no emblema carioca e tem que se dar mérito por isso, mas no presente importa é dar apoio a Renato Gaúcho.

No último jogo do Flamengo - derrota por 3-0 e eliminação da Taça do Brasil -, uma franja de adeptos presentes no Maracanã cantou por Jorge Jesus, em contestação ao atual treinador, Renato Gaúcho. Desde aí, o nome do técnico do Benfica voltou em força à atualidade do futebol brasileiro.

Num programa desportivo da ESPN, Zinho, antigo futebolista do Mengão, atribuiu mérito ao português pelo que conquistou no clube, mas lembrou que Jesus "abandonou" o Flamengo. Por isso, defendeu que os adeptos, embora tenham o direito de criticar, devem apoiar o treinador que agora comanda a equipa.

"Jorge Jesus ganhou tudo, merecidamente, e merece ser elogiado e lembrado. Mas o Flamengo tem coisas grandes para conquistar este ano e o treinador é o Renato Gaúcho. Os adeptos têm todo o direito de reclamar, mas não podem extrapolar. O Jorge Jesus não vai voltar, abandonou o Flamengo. Aliás, ele não está no Flamengo porque não quis. O Flamengo renovou contrato com ele e depois ele quis voltar ao país dele. Ele é que pediu para sair, não foi demitido. Tem que se dar apoio a quem está", referiu Zinho.