Abel não pensa treinar muitos mais anos: "A minha mãe ligou-me e disse: 'Estás com a barba muito branca'"

Abel não pensa treinar muitos mais anos: "A minha mãe ligou-me e disse: 'Estás com a barba muito branca'"
Redação

Treinador português planeia deixar a profissão daqui a "quatro ou cinco anos".

Abel Ferreira admite que não pensa em ser treinador por muitos mais anos, devido à intensidade e exigência que a profissão acarreta. Mais "quatro ou cinco anos" poderá ser o tempo em que o português continuará como técnico.

"Se quiserem, daqui a quatro ou cinco anos, aceito um cargo diretivo. Não penso em treinar muitos mais anos. É muito intenso. Ainda recentemente a minha mãe ligou-me e disse: 'Estás com a barba muito branca'", adiantou Abel numa entrevista no programa "Roda Viva", da TV Cultura, do Brasil.

"Daqui até novembro, não vamos ter nenhuma semana limpa. Agora entendo alguns ex-jogadores. No jogo, eu vivo com intensidade, fora sou calmo. Preciso de equilíbrio, calma, de estar relaxado. Penso que não vou ser treinador por muitos anos", acrescentou.