Abel e um tema quente: "Quando todos deixarem de falar que tem de ir à seleção..."

Abel e um tema quente: "Quando todos deixarem de falar que tem de ir à seleção..."
Redação

Treinador do Palmeiras falou sobre Raphael Veiga após o jogo com o Bragantino.

O Palmeiras, treinado pelo português Abel Ferreira, recebeu e venceu o Bragantino (2-0), em jogos da sexta jornada do campeonato brasileiro de futebol. Rafael Veiga fechou as contas do encontro na conversão de uma grande penalidade, já nos descontos, e mereceu um comentário por parte do técnico, numa altura em que muito se tem falado sobre uma chamada do jogador à seleção brasileira.

"O Brasil tem muitos e bons jogadores. Acredito mesmo que, quando todos deixarem de falar que o Veiga tem de ir [à seleção], ele vai. Não sei quando, mas vai. Só tem de continuar fazendo o que faz, a jogar o que joga, a correr o que corre. É questão de tempo. Claro, se as pessoas começarem sempre a falar nisso, não sei a forma que pensa o selecionador. Eu tenho a certeza que, se mantiver esta bitola, é só uma questão de tempo", observou Abel.

"Não é teimosia. O Tite tem muitos jogadores para escolher, como eu também tenho. Tenho certeza que todas as escolhas que ele faz, que é aquilo que eu faço, faz convencido de que são as melhores. No futuro, a gente troca. E eu troco várias vezes", completou.

No Allianz Parque, em São Paulo, o "Verdão" abriu o ativo à passagem do minuto 30, quando o médio Danilo, assistido por Gustavo Scarpa, bateu o guarda-redes Cleiton, que voltaria a sofrer novo golo, mas já nos descontos do segundo tempo, na sequência de uma grande penalidade cobrada com eficácia por Rafael Veiga (90+9).

Na classificação liderada de forma isolada pelo Corinthians, do português Vítor Pereira, com 12 pontos, o Palmeiras é quinto, com nove, os mesmos do América Mineiro (quarto), Bragantino (sexto) e do campeão em título Atlético Mineiro (sétimo).