A crítica de Nuno Espírito Santo aos 14 dias de isolamento no Reino Unido

A crítica de Nuno Espírito Santo aos 14 dias de isolamento no Reino Unido

Técnico do Wolverhampton contesta o protocolo após os jogadores testarem negativo.

Nuno Espírito Santo criticou o protocolo covid-19 aplicado em Inglaterra, que obriga um jogador a isolamento de 14 dias após contacto com alguém que tenha testado positivo.

Apesar de o primeiro-ministro Boris Johnson ter revelado ontem novas regras, referindo que serão oferecidos testes diários a contactos próximos de quem testou positivo para reduzir o isolamento, a verdade é que os 14 dias são o procedimento geral. Já vários técnicos assinalaram a questão e Nuno, que defrontou o Southampton sem Coady, depois de um contacto com um caso positivo, e Saiss, em isolamento por teste positivo nos últimos 15 dias, levanta a voz: "O Conor vai treinar-se na próxima sessão, já esteve demasiados dias sozinho, já testou negativo e até já teve o vírus em março. Não sei quanto dias mais o Saiss tem de estar isolado, mas é tempo a mais . Os protocolos tornam o trabalho das equipa difícil de mais. Felizmente não há mais pausas para seleções até março e teremos tempo para nos preparar bem.

Coady, recorde-se, não falhava um jogo da liga há três anos e viu o encontro com os saints sozinho na bancada.