Wolves "devoram" o Southampton e confirmam fase inspirada

Wolves "devoram" o Southampton e confirmam fase inspirada
Redação

Equipa do Molineux, pela qual seis futebolistas portugueses alinharam de início, esteve sempre em vantagem desde os 37 minutos. Já lá vão cinco jogos seguidos a somar

Respaldados pelo histórico triunfo em Old Trafford e pelo apuramento na Taça de Inglaterra, o Wolverhampton, de Bruno Lage, como que meteu a terceira - ganhou novo embalo - ao derrotar, este sábado, o forasteiro Southampton, por 3-1.

Em jogo da 22.ª jornada da Premier League, a quarta consecutiva sem perder, disputado no Estádio Molineux, os lobos, que alinharam com José Sá, Moutinho, Nélson Semedo, Toti Gomes (estreante), Trincão e Podence de início, adiantaram-se com um penálti de Raul Jiménez, aos 37 minutos.

Sem mais perder esta vantagem concedida pelo avançado mexicano, a "armada" portuguesa, pela qual atuou ainda Fábio Silva, reforçou a vantagem no marcador do encontro pelo defesa central e capitão de equipa Coady, aos 59 minutos.

O melhor que o Southampton conseguiu fazer, em particular o médio Ward-Prowse, autor de um livre irrepreensível, foi reduzir a desvantagem, aos 84 minutos, causando alguma incerteza no resultado, desfeita, porém, por Traoré, aos 90+1'.

Mas os "saints" até se podem queixar da sorte dado que viram uma bola bater no ferro ferro da baliza de José Sá...

Contas feitas, e com a segunda vitória seguida na Premier League - a terceira se se contar com a eliminação do Sheffield United na Taça de Inglaterra (3-0), o Wolves ascendeu ao oitavo lugar da classificação, com 31 pontos, tantos quanto o Man. United. Southampton é 12.º (24 pontos).

A última derrota da equipa de Bruno Lage, agora claramente em fase ascendente, data de 11 de dezembro, obtida frente ao Manchester City (1-0). Desde então, disputou mais cinco jogos, triunfou em quatro deles e empatou o restante, ante o Chelsea (0-0).