Villas-Boas defende Álvaro: "Neymar também já foi alvo de falsas acusações e sofreu com isso"

Villas-Boas defende Álvaro: "Neymar também já foi alvo de falsas acusações e sofreu com isso"
Redação

Ainda na sequência do incidente entre o brasileiro e o espanhol, este acusado de ter proferido insultos racistas

O português André Villas-Boas pronunciou-se pela primeira vez sobre o incidente entre Neymar e Álvaro González, saindo em defesa do espanhol, que está acuado de proferir insultos racistas contra o brasileiro no jogo entre PSG e Marselha.

"Estamos todos ao lado do jogador, à procura de apurar a verdade. Temos a certeza que o Álvaro não é racista. O Marselha é um clube multirracial, temos pessoas do mundo inteiro. Vamos todos tentar encontrar a verdade, não temos dúvidas do que o Álvaro disse. O Neymar também já foi alvo de falsas acusações e sofreu muito com isso. Ele sabe o impacto que uma acusação falsa pode ter. Isto não é bom para o Álvaro, é um assunto sensível. Vou estar ao lado do meu jogador, conheço-o, sei como ele é e o que representa", defendeu o técnico, confirmando as ameaças de morte de que o central está a ser alvo.

"As ameaças de morte são verdade. Informámos a polícia e agora esse assunto está nas mãos deles. Isto são as consequências da acusação, infelizmente chegou a este ponto. Espero que tudo acabe em breve. Todos sabemos o que aconteceu", acrescentou Villas-Boas.

Com contrato até final da temporada, Villas-Boas não adiantou muito sobre a renovação, outro dos temas abordados pelos jornalistas na antecâmara do jogo com o Saint-Étienne. "Não posso responder a essa questão depois de uma vitória contra o PSG. Não é o momento. Já disse que não depende de mim. A primeira proposta foi recusada, o timing não foi justo. Neste momento não há nada. O meu trabalho é acabar o campeonato e continuar a ganhar. Tenho de ganhar contra o Saint-Étienne, é um jogo muito importante."