"Vi Messi como nunca o tinha visto. Se não for campeão do mundo..."

"Vi Messi como nunca o tinha visto. Se não for campeão do mundo..."
Redação

Guarda-redes de 33 anos foi mais um a defender o craque argentino

É um dos melhores amigos de Lionel Messi no mundo do futebol desde que coincidiram nas seleções jovens da Argentina e, em declarações ao programa de rádio "Super Mitre Deportivo", Óscar Ustari, guarda-redes de 33 anos, garante que colocar o astro argentino em dúvida pelas exibições na seleção albiceleste "é uma barbaridade".

"Não tenho dúvidas de que se Messi não for campeão do mundo, o futebol vai ser injusto", começou por afirmar o guardião argentino.

NÃO SAIA DE CASA, LEIA O JOGO NO E-PAPER. CUIDE DE SI, CUIDE DE TODOS

"Colocar Messi em dúvida é uma barbaridade, as coisas podem sair-te ou não, mas eu posso dizer que o vi a chorar como um bebé pelo que se passava na seleção. É muito difícil estar no papel dele", continuou, para depois concluir:

"Recordo-me que, na Copa América de 2011, eu estava a recuperar da lesão no joelho e quando perderam fui ver Messi ao prédio de Ezeiza e vi-o como nunca o tinha visto, destroçado".