Várias federações europeias ameaçam deixar FIFA em protesto contra Mundial bienal

Várias federações europeias ameaçam deixar FIFA em protesto contra Mundial bienal
Redação

De acordo com a Associated Press, mais de 12 das 55 federações de futebol da Europa ameaçam fazer um boicote à realização do Mundial de dois em dois anos, caso a proposta avance.

O plano da FIFA de organizar um Mundial de futebol a cada dois anos, ao invés dos habituais quatro, deixou algumas federações de futebol europeias muito descontentes. E mais de 12 dos 55 organismos do continente europeu estão dispostos a sair da FIFA, avança, esta quarta-feira, a Associated Press.

Esta ameaça de 'boicote' é, sobretudo, realizada por países nórdicos. Na semana passada, recorde-se, Dinamarca, Suécia, Noruega, Finlândia, Islândia e Ilhas Faroé emitiram um comunicado em que se mostraram contra a ideia de um Mundial de dois em dois anos.

De acordo com a publicação, uma eventual saída da FIFA não teria repercussões junto da UEFA. "Qualquer país que abandone a FIFA poderia ter o apoio do presidente da UEFA, Aleksander Ceferin", escreve a Associated Press. Recorde-se que Ceferin já se manifestou contra a realização do Campeonato do Mundo de dois em dois anos.