Vanuatu e Ilhas Cook renunciam ao apuramento para o Mundial devido a casos de covid-19

Vanuatu e Ilhas Cook renunciam ao apuramento para o Mundial devido a casos de covid-19
Redação com Lusa

As seleções de Vanuatu e Ilhas Cook renunciaram ao apuramento para o Campeonato do Mundo de futebol de 2022 devido a casos de covid-19 que afetam as comitivas, informou hoje a FIFA.

O organismo que rege o futebol mundial anunciou em comunicado que os jogos destas duas seleções já realizados, e por realizar, no Grupo A da segunda fase da qualificação da Oceânia, foram cancelados.

Em 17 de março, as Ilhas Salomão venceram as Ilhas Cook por 2-0, mas este jogo vai contar apenas para o ranking da FIFA.

Com estas renúncias, o encontro de quinta-feira entre Ilhas Salomão e Taiti servirá de eliminatória única para decidir o primeiro e segundo lugares do Grupo A, sendo que as duas equipas ficam automaticamente qualificadas para a fase seguinte.

O Grupo B, e após duas jornadas, é liderado pela Nova Zelândia, com seis pontos, seguida por Papua-Nova Guiné e Ilhas Fiji, com três, e da Nova Caledónia, sem nenhum, com os dois primeiros a seguirem para as meias-finais.

Nas meias-finais, em 27 de março, o primeiro do Grupo A defronta o segundo do Grupo B e o segundo do Grupo A o vencedor do Grupo B, seguindo-se a final, em 30 de março, que apura o vencedor para um play-off intercontinental com o quarto classificado da zona CONCACAF.