Uma dor de cabeça para o Tottenham: "Kane devia respeitar os companheiros"

Uma dor de cabeça para o Tottenham: "Kane devia respeitar os companheiros"
Redação

Kane não se apresentou às ordens de Nuno Espírito Santo e merece críticas de Gary Neville.

Com mais três anos de contrato pela frente com o Tottenham, a ausência do avançado Harry Kane nos trabalhos orientados pelo treinador português Nuno Espírito Santo tem causado uma dor de cabeça na equipa inglesa.

É pública a intenção do goleador inglês em ser negociado com o Manchester City e o jogador de 28 anos falhou aos dois últimos dias de trabalho da equipa.

De acordo com o antigo jogador Gary Neville, comentador da Sky Sports, o capitão de equipa está a forçar uma saída para o City. Mas estará a tomar a decisão de forma errada. "Ainda não é uma desculpa para mim. Ele devia ter integrado os treinos, respeitar os companheiros. Ainda tem que treinar com eles, sentar-se com eles no balneário, mas agora é óbvio que está em rota de colisão", afirmou.