Ultras do Brescia criticam Balotelli: "Se não estava preparado não devia jogar"

Ultras do Brescia criticam Balotelli: "Se não estava preparado não devia jogar"

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Claque do Brescia criticou postura "arrogante" do avançado depois do episódio de racismo que sofreu na partida frente ao Verona.

Mario Balotelli foi alvo de insultos racistas no jogo com o Verona e esteve perto de abandonar o relvado. A polémica instalou-se e o Verona foi castigado pelo mau comportamentos dos seus fãs.

Mas a verdade é que até uma parte dos adeptos do Brescia ficou contra Balotelli. A claque "Ultras Brescia 1911 EX-Curva Nord" emitiu um comunicado onde chama "arrogante" ao avançado italiano e diz que se o jogador "não estava preparado psicologicamente" para enfrentar aquele ambiente, deveria ter pedido para não jogar.

"Se Balotelli não estava psicologicamente preparado para enfrentar os adeptos do Verona e, sobretudo, numa partida tão delicada em que a cidade e o treinador estavam a tentar salvar-se, então ele devia tê-lo dito e deixado a posição para ser ocupada por outro jogador menos nervoso. (...) Não temos dúvida nenhuma que Balotelli é completamente italiano, talvez até Bresciano, mas a sua arrogância permanente é injustificável", pode ler-se num extenso comunicado dos Ultras do Brescia.