UEFA concede a cada país o direito de decidir o campeão, mas o tempo não é ilimitado

UEFA concede a cada país o direito de decidir o campeão, mas o tempo não é ilimitado
Redação

Vice-presidente da UEFA admite que cada Federação tem "liberdade e soberania para decidir".

Michele Uva, vice-presidente da UEFA, confirmou que cada Federação tem o direito de decidir o campeão, subidas e descidas, mas que o tempo para terminar a temporada não é ilimitado, pois o organismo estabelecerá uma data para cada país entregar a lista de equipas que irão participar nas provas continentais da próxima época.

"Cada Federação tem liberdade e soberania para decidir sobre o seu próprio campeonato, e por isso poderá fixar as datas que considere e decidir, juntamente com a respetiva Liga profissional, sobre os campeões, as subidas e as descidas", começou por afirmar o italiano.

"A UEFA definirá a data para darem a lista das equipas classificadas para as próximas competições continentais", acrescentou ao canal Mediaset Itália.

No entanto, a UEFA, que mudou as datas das finais de Liga dos Campeões e Liga Europa, e que também adiou o Europeu, ainda não alterou oficialmente as datas de início das competições europeias da próxima época. A Champions, por exemplo, deveria começar em julho.

NÃO SAIA DE CASA, LEIA O JOGO NO E-PAPER. CUIDE DE SI, CUIDE DE TODOS