Taça Libertadores: Flamengo de Jesus atropela Grémio e está na final 38 anos depois

Taça Libertadores: Flamengo de Jesus atropela Grémio e está na final 38 anos depois

Na final, agendada para 23 de novembro, em Santiago do Chile, o Flamengo vai enfrentar os argentinos do River Plate

O Flamengo, orientado pelo treinador português Jorge Jesus, qualificou-se na quarta-feira, 38 anos depois, para a final da Taça Libertadores em futebol, ao golear em casa o Grémio por 5-0, na segunda mão das meias-finais.

Depois do empate 1-1 em Porto Alegre, golos de Bruno Henrique (42 minutos), Gabriel Barbosa (46' e 56', o segundo de penálti), Pablo Marí (67') e Rodrigo Caio (71') garantiram aos cariocas a segunda presença numa final, depois do triunfo de 1981.

Os 5-0 são o maior triunfo caseiro de sempre do Flamengo face ao Grémio e o 18.º jogo consecutivo sem perder do conjunto de Jorge Jesus: 15 vitórias e três empates, com 41-8 em golos, depois do 0-3 no reduto do Bahia, a 4 de agosto.

Na final, marcada para 23 de novembro, em Santiago do Chile, o Flamengo - que ganhou a competição em 1981 - vai enfrentar os argentinos do River Plate, campeões em título, que derrotaram os compatriotas do Boca Juniors na outra meia-final (2-0 em casa e 0-1 fora).

Para o Flamengo, será a segunda final da principal competição da América do Sul, e, para Jorge Jesus, a terceira de uma prova internacional de clubes, depois de duas derrotas pelo Benfica na Liga Europa, com Chelsea (2012/13) e Sevilha (2013/14).

Além de estar a um triunfo da final da Champions da CONMEBOL, o conjunto do Rio de Janeiro segue destacado na liderança do campeonato brasileiro, 10 pontos à frente do campeão Palmeiras, a 11 jornadas do fim - será o primeiro desde 2009.