Sobreviveu à tragédia da Chapecoense e saiu com vida de acidente com 21 mortos

Sobreviveu à tragédia da Chapecoense e saiu com vida de acidente com 21 mortos
Redação

Técnico do avião onde seguia a formação brasileira voltou a sobreviver a um acidente com várias vítimas mortais.

Erwin Tumiri, sobrevivente da queda do avião da Chapecoense, em 2016, que teve 71 vítimas mortais e apenas seis sobreviventes, voltou na terça-feira a sair com com vida de um acidente, desta feita de autocarro, no qual faleceram pelo menos 21 pessoas.

O autocarro onde seguia Erwin Tumiri caiu numa ravina com uma altura de mais de 150 metros, na Bolívia, não se sabendo ainda se ocorreu por um descuido do motorista ou devido às condições meteorológicas.

A irmã, Lucía Tumiri, explicou que Erwin se encontra estável:

"[Erwin Tumuri] Está estável, graças a Deus, salvou-se mais uma vez. Falei com ele e disse-me que está bem. É com o poder do Senhor, cuida sempre de nós e tem os seus tempos", afirmou.