Seleção feminina de Inglaterra deve apostar... numa holandesa

Seleção feminina de Inglaterra deve apostar... numa holandesa

Contrato do atual técnico termina no próximo verão e não será renovado

A Inglaterra tem agendada para 2021 a organização do Europeu de futebol feminino e do Mundial dois anos depois e quem deverá liderar a seleção dos "Três Leões" nessas competições já não será Phil Neville mas antes Sarina Wiegman, avançou o jornal "The Guardian".

A Holandesa é atual selecionadora de futebol feminino do país natal, que conduziu à conquista do Europeu em 2017 e à final do Mundial no ano passado. Wiegmann, 50 anos, deverá ter como principal concorrente a norte-americana Jill Ellis, bicampeã mundial como treinadora dos EUA.

Refira-se que houve 142 candidaturas ao cargo de selecionador feminino de Inglaterra, das quais 79 foram consideradas como cumprindo os requisitos mínimos.