Sarri fala de Ronaldo e admite: "Talvez haja menor motivação na Serie A"

Sarri fala de Ronaldo e admite: "Talvez haja menor motivação na Serie A"

Juventus empatou (2-2) frente ao Sassuolo e deixou fugir liderança da Liga italiana.

Se na Liga dos Campeões a Juventus segue de vento em popa, o mesmo não poderá ser dito sobre a presente campanha na Serie A. Este domingo, a campeão italiana cedeu dois pontos na receção ao Sassuolo (2-2) e viu o rival Inter apoderar-se da liderança da tabela classificativa.

Após o apito final, o treinador Maurizio Sarri admitiu que é possível que haja "menor motivação" do lado "bianconero" no que ao campeonato diz respeito, mas realça que a equipa tem de ser avaliada por aquilo que faz "na prova mais longa".

"Pode acontecer algo a nível subconsciente. Esta equipa já ganhou tanta coisa em Itália que, de forma inconsciente, pode ter menor motivação na liga e dar mais de si na Champions e na taça. Quero que assentemos, o campeonato é a prova mais longa e a equipa deve ser julgada por aquilo que faz aí, não em torneios", assinalou o técnico da Juve, que voltou a falar sobre a forma física de Cristiano Ronaldo, autor do segundo golo:

"Vi-o mais ativo na última meia-hora do que na primeira fase do jogo. Isso confirma que está bem do ponto de vista da resistência e físico. Temos de trabalhar na explosividade para que regresse ao nível mais alto", acrescentou Sarri.