Salvio: "Só queria ir embora dali e não ter contacto com ela"

Salvio: "Só queria ir embora dali e não ter contacto com ela"
Redação

Jogador argentino acusado de atropelar ex-companheira.

Eduardo Salvio tornou-se notícia pelos piores motivos, depois de ser acusado de atropelar a antiga companheira Magali Aravena, quando seguia num carro com outra mulher. O ex-jogador do Benfica voltou às convocatórias do Boca Juniors, mas não foi utilizado no empate a um golo com o Godoy Cruz.

Numa conversa com Luli Fernández da estação televisiva "Canal 13", Salvio falou sobre o episódio ocorrido na semana passada. "Sinto-me mal pelo que aconteceu. Não procurei aquilo, só queria ir embora dali e não ter contacto com ela. Nem vi se ela caiu ou se se magoou enquanto agarrava o puxador da porta, ao mesmo tempo que eu saía com o carro", lembrou.

Magali Aravena, que tem dois filhos com Salvio, afirmou recentemente: "Jamais quis bater em alguém, só lhe pedi para ele sair do carro. Arrastou-me para a frente e para trás. Separei-me há três semanas e há uma mudei-me com os meus filhos. Jamais tive um pau para lhe bater. Quero que apareçam todos os vídeos, inclusive os que foram gravados por quem estava no carro. Eu vou para o vidro do pendura porque o meu marido tinha o dele fechado. Estive 13 anos com ele."