Saint-Étienne regressou aos títulos mais de 30 anos depois

Saint-Étienne regressou aos títulos mais de 30 anos depois

No Estádio de França, em Saint-Denis, arredores de Paris, o Saint-Étienne bateu o Rennes por 1-0 e conquistou a Taça da Liga francesa, a única prova do calendário nacional que não constava na vitrina de troféus dos "verts".

O histórico Association Sportive de Saint-Étienne conquistou este sábado o seu primeiro troféu em mais de 30 anos e menos de uma década após a última passagem pelo segundo escalão do futebol francês.

Um golo do avançado brasileiro Brandão, aos 18 minutos, garantiu a conquista do troféu no regresso aos grandes palcos daquele que foi o último clube francês do atual presidente da UEFA, Michel Platini (1979/82), e que venceu o 10.º e último título de campeão gaulês em 1980/81.

Mesmo assim, continua a ser o clube que mais vezes ganhou o campeonato de França (10), com mais um título do que o Marselha, dois face ao Nantes e três em relação a AS Mónaco e Lyon, e é também o clube com mais "dobradinhas" (campeonato+Taça), ao totalizar quatro.

No palmarés do clube, que participa esta época pela 60.ª vez no principal campeonato gaulês (segue em quarto, a 13 pontos do líder PSG), constam ainda três títulos da segunda divisão, a Ligue 2, o derradeiro em 2003/2004.

Depois dessa época, o Saint-Étienne não mais baixou de divisão, mas nunca esteve na luta pelo título, tendo como melhor o quinto posto de 2007/2008, a 21 pontos do campeão Lyon, então vencedor da prova pela sétima vez consecutiva.

A história dos "verdes" não se resume, porém, ao panorama nacional, pois o Saint-Étienne também esteve presente na final da Taça dos Campeões Europeus, em 1975/76.

Depois de deixar pelo caminho o KB Copenhaga (3-0 fora e 3-1 em casa), o Glasgow Rangers (2-0 em casa e 2-1 fora), o Dínamo de Kiev (0-2 em fora e 3-0, após prolongamento, em casa) e o PSV Eindhoven (1-0 em casa e 0-0 fora), o clube gaulês só caiu perante o Bayern Munique (0-1).

A 12 de maio de 1976, no Hampden Park, em Glasgow, o "onze" de Robert Herbin perdeu por culpa de um golo de Franz Roth, aos 57 minutos. O futebol francês teve, depois, de esperar até 1993, para conseguir o título, obra do Marselha.

Herbin treinou o Saint-Étienne entre 1972 e 1983, conquistando quatro campeonatos e três taças, com jogadores históricos como Jean-Michel Larqué, Hervé Revelli, Dominique Rocheteau ou Michel Platini.

Em 1981/82, "les verts" disputaram a sua última final, da Taça de França, tendo perdido por 6-5 na "lotaria", após 2-2 nos 120 minutos, com o "anfitrião" Paris Saint-Germain, a 15 de maio de 1982, no Parque dos Príncipes.

Agora, mais de 30 anos depois, o clube não tem as "estrelas" do passado, mas voltou a conquistar um título importante, o primeiro desde a vitória no campeonato de 1980/81, com 20 golos de Platini.

- Palmarés do Saint-Étienne:

Ligue 1, 10 (1956/57, 63/64, 66/67, 67/68, 68/69, 69/70, 73/74, 74/75, 75/76, 80/81).

Taça de França, 6 (1961/62, 67/68, 69/70, 73/74, 74/75, 76/77).

Taça da Liga francesa, 1 (2012/13).

Ligue 2, 3 (1962/63, 98/99 e 2003/2004).

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.