Boca Juniors obrigado a ir a jogo, mas River Plate acaba castigado

Boca Juniors obrigado a ir a jogo, mas River Plate acaba castigado

O Boca Juniors viu ainda negado o pedido para ser campeão sem ter de jogar a partida da segunda mão.

O Tribunal de Disciplina da CONMEBOL negou esta quinta-feira ao Boca Juniors o pedido para ser campeão da Taça Libertadores, sem ter de jogar o jogo da segunda mão, na sequência do ataque ao autocarro da equipa que adiou a segunda mão da final da Taça das Libertadores.

Foi também divulgado o castigo imposto ao River Plate, multado em cerca de 350 mil euros e punido com dois jogos à porta fechada em 2019, depois de os seus adeptos terem atacado o autocarro do Boca, no último sábado.

A final será agora disputada no dia 9 de dezembro, no Santiago Bernabéu, em Madrid.