"Real Madrid estava disposto a pagar 300 milhões de euros por Neymar"

"Real Madrid estava disposto a pagar 300 milhões de euros por Neymar"
Redação

Antigo agente de Neymar contou como foi a saída do internacional brasileiro do Santos e a guerra entre Real Madrid e Barcelona.

Wagner Ribeiro, antigo agente de Neymar, deu uma entrevista ao jornal francês L'Equipe onde falou da transferência do internacional brasileiro para o Barcelona, da tentativa do Real Madrid e de quando esteve para sair do PSG para a capital espanhola.

"Tinha 13 anos e causou sensação. Veio [para Madrid] vinte dias com o pai e comigo. O Real Madrid queria-o e estava disposto a pagar, mas Marcelo Teixeira, presidente do Santos, ligou-me e ofereceu-me 840 mil euros e 10 mil euros ao mês. Nesse momento, Neymar ganhava 700 reais [cerca de 103 euros]. O pai dele achou que era melhor ficar no Brasil. em Madrid, estava muito bem dentro de campo e era feliz, mas fora do campo chorava. Pedia-me o telefone para ligar à mãe. Não queria estar longe da mãe e da irmã", começou por contar sobre os testes de Neymar no Real Madrid.

O antigo agente de Neymar continuou a contar como foi a guerra entre Real Madrid e Barcelona para ficarem com o internacional brasileiro: "Florentino [presidente do Real Madrid] pensava que o tinha. Aceitou a oferta que eu apresentei. Estava disposto a pagar 40 milhões de euros ao Santos e cumprir com tudo o que pedíamos. O pai pediu-lhe tempo porque o Neymar queria o Barcelona. O Real insistiu, mandaram três pessoas da direção, advogados. Estiveram 20 dias e diziam-me: 'Vamos, amanhã assinamos!', mas o Neymar não queria ir para Madrid, queria jogar no Barça.", começou por contar.

"Ligou-me Messi, Piqué... Eu queria que fosse para Madrid. Eu era próximo de Florentino e do Real Madrid. Sandro Rossel, por outro lado, não queria que eu participasse das negociações com o Barcelona. Pôs-me de lado e não me pagou nem um cêntimo pela transferência de Neymar ao Barça. Trabalharam com André Cury, que se aproximou do pai de Neymar. Não ganhei nada com essa transferência", disse.

Wagner Ribeiro explicou por que Neymar elegeu o Barcelona: "Queria jogar com MEssi. Foi essa a sua eleição. Respeitei, ainda que não tivesse sido bom para mim. Quando assinou e foi apresentado, senti-me humilhado. Não me deixaram participar. Como me dou bem com Florentino Pérez, deixaram-me de fora de tudo. Foi injusto".

Depois do Barcelona, Neymar rumou ao PSG e dois anos depois de chegar esteve para sair: "Nesse momento esteve perto de ir para o Real Madrid. O Real estava disposto a pagar 300 milhões de euros por ele. Disse-me o Florentino. Mas Nasser negou: 'Nem por mil milhões, não vai!', disse-me.".