PSG joga desfalcado mas goleia e já é líder

PSG joga desfalcado mas goleia e já é líder
Redação com Lusa

Neymar foi uma das ausências.

O PSG já está na frente do campeonato francês, depois de golear esta sexta-feira por 4-0 em Nimes e aproveitar o deslize do anterior líder, o Rennes, que empatou 1-1 em Dijon.

Muitas ausências no PSG, entre castigados e lesionados, levaram Thomas Tuchel a dar a titularidade a dois dos reforços do final do mercado, Rafinha e Moise Kean. O outro reforço de início de época é o português Danilo, que está isolado por ter contactado com Cristiano Ronaldo, testado positivamente ao novo coronavírus no estágio da seleção nacional.

A ausência mais notável era a do brasileiro Neymar, que regressou tocado do jogo entre o Brasil e o Peru, onde marcou três golos na vitória canarinha, por 4-2.

O panorama para o PSG piorou rapidamente, com a lesão de Paredes logo aos nove minutos, mas aos 12 tudo se alterou com a expulsão de Loick Landre, a deixar o Nîmes reduzido a 10.

Isso era um claro convite ao PSG para embalar para o ataque, como fez, e só a excelente exibição do guarda-redes Reynet impediu que os números fossem mais pesados.

Quem não desiludiu em nada foi Kylian Mbappé, autor de dois golos na partida, aos 32' e 83'. Alessandro Florenzi, depois de enviar três bolas aos ferros, também marcou, aos 78', e o último foi de Pablo Sarabia, aos 88.

Com 15 pontos, o PSG chega ao comando da prova, mau grado o fraco arranque de época. Está em igualdade de pontos com o Rennes, mas tem um saldo de golos mais favorável - +13, contra +7 dos bretões.