Prolongar mercado de transferências até ao fim do ano está em cima da mesa da FIFA

Prolongar mercado de transferências até ao fim do ano está em cima da mesa da FIFA
Rodrigo Cortez

Porta-voz da FIFA informa que os regulamentos quanto a transferências podem ser reajustadas pelo organismo

A 18 de março, a FIFA criou um grupo de trabalho para fazer face aos problemas gerados no futebol mundial pela pandemia de Covid-19.

A avaliação das regras quanto a transferências de jogadores é uma das funções deste grupo. Conforme um porta-voz da FIFA explicou ao jornal inglês "The Mirror", esta equipa, entre outras tarefas, avaliará a necessidade de emendas ou dispensas temporárias dos regulamentos" relativos a transferências de jogadores, com o objetivo de "proteger contratos" e também de "ajustar os períodos de registo de jogadores".

"Todas as partes interessadas, incluindo confederações, federações, clubes, ligas e jogadores", serão consultadas a este propósito, explica o mesmo porta-voz do organismo.

A Premier League e a EFL (organismo que gere os segundo, terceiro e quartos escalâo ingleses) já chegaram à conclusão que uma das soluções possíveis poderá passar pela extensão do período de transferências de verão até ao fim do ano, colando o mesmo ao mercado de inverno.

Esta intenção já terá sido comunicada a FIFA, segundo escreve o "The Mirror", pelo que, a seguir em frente, a medida permitiria transferências de jogadores até ao dia 31 de janeiro.

A FIFA ainda não se pronunciou oficialmente sobre esta ideia.