Premier League: Chelsea rouba terceiro lugar ao Leicester

Premier League: Chelsea rouba terceiro lugar ao Leicester
Redação com Lusa

O Chelsea ganhou ao Leicester e ultrapassou-o no terceiro lugar da Premier League.

O Chelsea ganhou esta terça-feira ao Leicester por 2-1 e ultrapassou-o no terceiro posto da Liga inglesa, com o campeão Manchester City a perder com o Brighton (3-2) e o Manchester United a empatar com o Fulham (1-1).

Na 37.ª e penúltima jornada da Premier League, os blues, a jogar em casa, beneficiaram dos golos de Rudiger (47) e Jorginho (66) para conquistar a vitória frente Leicester, que marcou por intermédio de Iheanacho (76), e seguem com 67 pontos.

Já o Leicester, onde atua o internacional português Ricardo Pereira (entrou aos 67 minutos), caiu para quarto lugar, ainda em posto de acesso à liga milionária, contando com 66 pontos, mais três do que o Liverpool, que tem menos um jogo.

O campeão Manchester City (83 pontos) foi surpreendido na deslocação ao terreno do Brighton, mesmo depois de se ter adiantado no marcador logo aos dois minutos, graças a Gündogan. A expulsão do internacional luso João Cancelo - titular nos "citizens', tal como os compatriotas Bernardo Silva e Rúben Dias - logo aos dez minutos, acabou por ser preponderante para o desfecho do desafio.

No arranque da segunda parte, Phil Foden até fez o 2-0 para o City, mas o Brighton (15.º com 41 pontos) reagiu e chegou à vitória com golos de Trossard (50), Webster (72) e Burn (76).

Por seu turno, o Manchester United (2.º com 71 pontos) cedeu um empate caseiro com o já despromovido Fulham (18.º com 28 pontos), com o golo dos "red devils' a ser apontado por Edison Cavani, aos 15 minutos, após assistência de Bruno Fernandes.

O golo que valeu o empate aos visitantes foi da autoria de Joe Bryan, aos 76 minutos, com Ivan Cavaleiro a ser titular no Fulham.

No outro jogo do dia em Inglaterra, o Leeds (8.º com 56 pontos) derrotou fora o Southampton (14.º com 43 pontos) por 2-0, com golos de Bamford e Roberts, aos 73 e 90+5, respetivamente.