"Porque é que pessoas negras deveriam chorar a morte da Rainha Isabel II?"

"Porque é que pessoas negras deveriam chorar a morte da Rainha Isabel II?"
Alexandre Dionísio

Trevor Sinclair, antigo internacional inglês, causou uma enorme polémica nas redes sociais, após dizer que pessoas negras não deveriam estar de luto pela morte de Isabel II, uma vez que "foi permitido ao racismo crescer" na Inglaterra.

Trevor Sinclair, antigo internacional inglês e atual comentador da rádio "Talksport", causou uma enorme controvérsia nas redes sociais, após dizer que pessoas negras não deveriam estar de luto pela morte da rainha Isabel II, devido a ter sido "permitido ao racismo crescer" na Inglaterra desde a década de 1960.

"O racismo foi banido da Inglaterra nos anos 60 e foi-lhe permitido crescer, porque é que pessoas negras e castanhas deveriam chorar #Rainha", escreveu Sinclair na conta pessoal pessoal de Twitter, originando inúmeras respostas de revolta.

A indignação geral nas redes socias levou o comentador a apagar a publicação e a bloquear a própria conta de Twitter, sendo que o próprio "Talksport" salientou que não se revê na mensagem publicada por Sinclair.

"Temos estado a tentar entrar em contacto com Trevor Sinclair, na sequência da opinião que expressou na sua conta de Twitter. O Talksport não apoia a opinião expressada e está a investigar o assunto. Toda a gente no Talksport envia as suas condolências para a Família Real. Descanse em paz, Sua Majestade", pode ler-se numa publicação do programa.

Já Simon Jordan, parceiro de Trevor Sinclair no "Talksport", foi muito mais direto nas críticas ao antigo médio de 49 anos, que representou o Blackpool, QPR, West Ham, Manchester City e Cardiff na carreira.

"Trev, nem tenho a certeza de que isso seja um pensamento apropriado, quanto mais um tweet. A Inglaterra perdeu uma pessoa muito importante. O valor deve ser o sentimento primordial, não a divisão!", reprovou.