Polícia brasileira detém homem por tirar dinheiro da conta bancária de Neymar

Polícia brasileira detém homem por tirar dinheiro da conta bancária de Neymar
Redação

Sujeito, mentor do desfalque ao futebolista do PSG, integrava um grupo de, pelo menos, dez pessoas que participaram no golpe e que estão a ser procuradas pelas autoridades

Um homem acusado de ter retirado, ilicitamente, mais de 33 mil euros da conta bancária de Neymar, jogador do PSG, foi detido pela polícia brasileira. Entretanto, o dinheiro, desviado em pequenas quantidades, foi devolvido pelo próprio banco.

Neymar, que encarregara o pai de gerir a conta bancária, não foi a única vítima do delinquente, funcionário de uma empresa subcontratada e que acedeu ao sistema através da utilização de passwords de um colega, permitindo-lhe desviar dinheiro.

"Foi um funcionário de outra empresa. Apropriou-se da senha do seu companheiro de sala e começou a fazer pequenos furtos nas contas de pessoas famosas, com poder aquisitivo alto e que supostamente não se aperceberiam dos valores em falta", afirmou Fábio Lopes, diretor do Departamento Estadual de Investigações Criminais.

Ainda que a polícia de São Paulo tenha identificado e prendido o responsável por desfalcar a conta bancária de Neymar, em mais de 33 mil euros, esse sujeito integrava um grupo de pelo menos dez pessoas que participaram no golpe, que estão, agora, a ser procurados pelas forças policiais brasileiras.