Piqué: "Chorei quando Messi deixou Barcelona, mas entendi porque não renovou"

Piqué: "Chorei quando Messi deixou Barcelona, mas entendi porque não renovou"
Redação com Lusa

Central admitiu que o astro argentino é visto como um Deus em Camp Nou

Gerard Piqué admitiu esta sexta-feira ter chorado quando Lionel Messi abandonou o Barcelona no verão passado, acabando por ingressar no PSG nesse mesmo defeso.

"Chorei quando Messi deixou Barcelona. Chorei por ele e pela carreira que tinha no Barça, teria sido maravilhoso se ele tivesse ficado no clube até ao final da carreira", lamentou ao canal de Youtube 'The Overlap'.

Apesar da tristeza pela saída do companheiro, Piqué disse compreender a decisão do astro argentino, uma vez que as frgilidades económicas do Barcelona não permitiam a renovação de contrato.

"Consigo entender porque Messi não conseguiu renovar. O clube estava a sofrer bastante economicamente por causa do antigo presidente [Josep Maria Bartomeu] e da forma como ele geriu. Ao final de contas, estas coisas acontecem, às vezes tomas uma decisão e as coisas não correm como o esperado", afirmou Piqué.

"Messi era como um Deus para Barcelona e os adeptos, teria sido magnífico se ele ficasse", finalizou o central de 35 anos.