Piqué após a derrota no Barcelona-Bayern: "É o que é, agora somos o que somos"

Piqué após a derrota no Barcelona-Bayern: "É o que é, agora somos o que somos"
Redação

O Barcelona perdeu em casa com o Bayern por 3-0 na estreia na Liga dos Campeões.

Um dos jogadores de maior identificação com o clube, Gerard Piqué não escondeu a deceção após a derrota com o Bayern por 3-0, em pleno estádio Camp Nou, na estreia da equipa na Liga dos Campeões. O defesa admitiu que o Barça não está entre os favoritos da competição e guardou as esperanças para o regresso de jogadores que estão lesionados, casos de Ansu Fati e Aguero.

"Acho que o resultado é pesado. É um resultado mau. Mas, se olhares para o jogo, no primeiro tempo lutámos e eles adiantaram-se com um golo na recarga. O 0-2 prejudica-nos. A equipa mostrou algo, competiu. É o que é, somos o que somos agora e espero que se juntem os outros jogadores. É um ano complicado. Eles [o Bayern] foram superiores, mas temos as bases para terminar a competição. Veremos no final da temporada, mas temos pessoas como Ansu [Fati] e Kun [Aguero] que nos podem ajudar", afirmou após o jogo.

Questionado sobre as possibilidades de o Barcelona conquistar a Champions, Piqué foi sincero. Afirmou que o clube não está entre os favoritos, mas garantiu que a equipa vai continuar a competir para honrar o emblema catalão.

"Neste momento não estamos entre os favoritos, mas não há nada de mal em não estarmos. Outras vezes estivemos [entre os favoritos], mas não conseguimos [vencer]. No ano passado, quem dava o Chelsea como favorito? O futebol muda muito. Não quero desculpar-me. Somos o Barça. Veremos no final da temporada. Vamos continuar a competir", garantiu.