"Penso que o Barcelona não tem dinheiro para comprar ninguém"

"Penso que o Barcelona não tem dinheiro para comprar ninguém"
Vanda Pinto

Presidente do Nápoles afirma que o Barcelona não entrou em contacto com o emblema italiano com vista à contratação de Kalidou Koulibaly.

Aurelio De Laurentiis, presidente do Nápoles, colocou na manhã deste sábado o futuro de Kalidou Koulibaly nas mãos do próprio jogador, embora expressando o desejo claro do clube: que o central fique.

"Queremos que Kalidou [Koulibaly] fique, é um símbolo [do Nápoles]. Se já não o quiser ser, deve ser ele a decidi-lo. Não vamos obrigar ninguém, cada um tem as suas exigências e respeitamos toda a gente", começou por dizer no canal Twitch "Jijantes FC", de Gerard Romero, antes de garantir que o Barcelona não entrou em contacto com o emblema italiano com vista à contratação do defesa.

"O Barcelona não entrou em contacto connosco, penso que não tem dinheiro para comprar ninguém. Acho que esteve impedido de contratar durante algum tempo, não? Se o momento é complicado, têm de perguntar-lhes a eles", concluiu.

Kalidou Koulibaly, que fará 31 anos em junho, termina o seu contrato com o Nápoles em 2023 e, de momento, não existem contactos para uma possível renovação.

De acordo com o jornal AS, o Nápoles, que há três anos recusou quase 100 milhões de euros do Manchester United, só pondera negociar o jogador com uma proposta de, pelo menos, 35 milhões de euros. O clube italiano não aceitará uma oferta inferior a esse valor porque não verá como desastre perdê-lo como jogador livre, em 2023.