Payet apresentou queixa após ser atingido com uma garrafa: "Tenho medo de marcar cantos"

Payet apresentou queixa após ser atingido com uma garrafa: "Tenho medo de marcar cantos"

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Redação

Internacional francês foi atingido durante o Lyon-Marselha.

Depois de no domingo ter sido atingido por uma garrafa de água no jogo entre Lyon e Marselha, da 14ª jornada da Liga francesa, Dimitri Payet apresentou esta segunda-feira queixa às autoridades. De acordo com o L'Équipe, que desvenda o teor da queixa, o jogador da formação marselhesa terá alegado "violência intencional agravada".

"O jogo tinha acabado de começar. Fui atingido por uma garrafa de água de plástico, cheia, perto da orelha esquerda. Fiquei atordoado. Não sei de onde veio a garrafa, não vi quem a atirou. Fiquei vários minutos no chão e a dor era intensa. Só quando voltei para o balneário é que percebi o que tinha acontecido", terá começado por dizer.

"Fiquei em choque, sozinho, deitado numa mesa. Não me senti capaz de retomar o jogo. Agora tenho medo de marcar cantos quando jogar fora de casa", concluiu o internacional francês a dois agentes da polícia.

De acordo com o "Le Parisien", o presumível agressor será presente a tribunal na manhã de terça-feira.