Oficial: Sergio Romero está de volta à Argentina, 15 anos depois

Oficial: Sergio Romero está de volta à Argentina, 15 anos depois
Redação com Lusa

Aos 35 anos, o guarda-redes estava livre no mercado, depois de ter representado o Veneza na temporada passada.

O guarda-redes Sergio Romero, que representou a Argentina nos Mundiais de 2010 e 2014, vai voltar a atuar no seu país-natal, ao serviço do Boca Juniors, anunciou esta terça-feira o clube.

Romero, de 35 anos, conta com 96 internacionalizações pela Albiceleste e estava sem clube depois de ter representado os italianos do Veneza na temporada anterior, enquanto o guarda-redes habitual do Boca, Agustín Rossi, optou por não renovar o seu contrato, que expira no final desta época.

"O Boca perguntou-me se estava livre, à disposição, e uma pessoa tem de pensar muito bem quando tem a oportunidade de jogar num clube como o Boca. Estou contente por vir para esta instituição. É um passo em frente na minha carreira", disse Romero, admitindo ter tido propostas da Premier League, onde representou o Manchester United, entre 2015 e 2021.

O guardião está, assim, de regresso à Argentina, 15 anos depois de ter deixado o Racing, na altura para reforçar os neerlandeses do AZ Alkmaar, onde jogou durante quatro épocas. Na Europa, teve ainda uma ligação de três temporadas à Sampdória, com um empréstimo ao Mónaco pelo meio.

O Boca Juniors foi eliminado nos oitavos de final da Taça Libertadores, mas apurou-se para os oitavos da Taça da Argentina, seguindo no 11.º lugar do campeonato, a sete pontos do topo da tabela, liderada pelo Atlético Tucumán.