"O Real Madrid nunca pode ser como o PSG porque o Real Madrid não trapaceia"

"O Real Madrid nunca pode ser como o PSG porque o Real Madrid não trapaceia"
Redação

Javier Tebas, presidente de La Liga, voltou a criticar esta quarta-feira o PSG.

Um dos maiores críticos do PSG no futebol internacional, o presidente da Liga espanhola, Javier Tebas, aproveitou uma cerimónia com patrocinadores na manhã desta quarta-feira para voltar a levantar o dedo aos dirigentes da equipa francesa. Atento às comparações que colocam a equipa de Mbappé à frente do Real Madrid, Tebas responder com rispidez à administração do emblema parisiense.

"O Real Madrid nunca pode ser como o PSG porque o Real Madrid não trapaceia. Eles, sim, fazem [trapaças, ações desonestas]", afirmou.

As declarações ocorreram durante a apresentação do novo acordo estratégico de La Liga com o Burger King, que vai patrocinar a competição até à temporada 2023/24. Tebas aproveitou o momento para deixar uma mensagem ao PSG.

"Eu disse que o futebol espanhol não está arruinado. Nem Real Madrid nem Barcelona. Há pelo menos 80 por cento dos clubes na Europa que estão muito piores. Em relação ao Real Madrid, acho que foi o clube que melhor administrou a pandemia, com enorme rigor na sua despesa salarial", garantiu Tebas.

"O Real Madrid tem capacidade para fazer o que quer. Nunca pode ser o PSG porque o PSG trapaceia. Tem uma despesa salarial perto de 600 milhões de euros, o que é impossível. Também não é um clube estatal", acrescentou.