O novo equipamento de Son é o camuflado do exército

O novo equipamento de Son é o camuflado do exército
Redação

Avançado do Tottenham está a cumprir um curto período de serviço militar, devendo regressar a Inglaterra ainda durante este mês

Heung-min Son, jogador do Tottenham, tem estado a trabalhar de forma dura, com um novo equipamento, em representação de uma outra entidade e a fazer diferentes exercícios. Expliquemos: enquanto os clubes ingleses, após um período de quarentena por causa do coronavírus, voltam, devagar, aos treinos, o avançado está a cumprir o serviço militar no exército sul-coreano.

O jogador foi apanhado pela agência de notícias AFP durante o serviço militar obrigatório está a fazer em Jeju, uma ilha na Coreia do Sul.

A verdade é que naquele país os homens são obrigados a servir por um período de dois anos e o alistamento tem, necessariamente, de ser concluído até que façam 27 anos, a idade de Son.

Ora, ainda que para jogadores de futebol seja possível uma isenção através de uma honraria conferida pelo país, o que aconteceu com Son, em 2018, quando este conquistou os Jogos Asiáticos, continua a ser necessário cumprir um pequeno período de quase um mês de serviço militar.

Inicialmente, Son, que agora lida com gás lacrimogéneo, faz marchas de 30 km e pratica tiro ao alvo, tinha previsto completar o serviço militar durante o verão europeu, mas devido à paralisação do futebol, por causa da covid-19, antecipou a função, com o Tottenham a esperar Son de volta a Inglaterra antes do final deste mês.