O curioso desabafo de Ancelotti: "Os meus ex-jogadores castigam-me sempre"

O curioso desabafo de Ancelotti: "Os meus ex-jogadores castigam-me sempre"

Treinador do Nápoles reagiu com boa disposição ao empate com o PSG, que já orientou.

Nápoles e Paris Saint-Germain empataram na terça-feira a uma bola, em partida da quarta jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões, e, após a partida, Carlo Ancelotti surgiu bem disposto perante os jornalistas, recordando com algum saudosismo os tempos em que orientou o PSG e o reencontro com alguns dos seus antigos pupilos.

"Gostei muito de ver Buffon, está muito bem. Depois o Thiago Silva, o Di María, o Bernat... Mas tenho que dizer que os meus ex-jogadores castigam-me sempre. O Bernat nunca tinha marcado um golo na vida", atirou o treinador italiano, em jeito de brincadeira, citado pelo jornal As.

Bernat, que Ancelotti orientou no Bayern, foi o autor do golo dos campeões franceses em casa dos napolitanos.